Como negociar CFDs

Contratos por diferença, ou CFDs, são uma das formas mais populares de negociar. Esta página leva você através de um guia passo a passo sobre como negociá-los e explica os benefícios de fazê-lo.
Por:
Atualizado: Jun 27, 2023
Listen

Comece a negociar em minutos com a nossa melhor corretora, Skilling.

4.3/5
82% das contas CFD de varejo perdem dinheiro.
Acessar site

Este guia é dedicado à arte de negociar CFDs. Aprenda sobre os recursos exclusivos dos CFDs e os principais fatores que você deve considerar antes de comprar um. Se você não está familiarizado com o que são CFDs ou como eles funcionam, então, antes de continuar lendo, você pode querer começar com nosso guia de investimento e definição de CFDs que aborda essas questões com mais detalhes.

Compare as melhores plataformas de negociação de CFD

Copy link to section

Antes de começar a negociar, você precisa se inscrever em uma corretora de CFD que possa executar suas negociações para você. Muitas plataformas permitem que você compre e venda CFDs, e você pode começar com qualquer uma das opções abaixo simplesmente acessando os links na tabela.

Sort by:

1
Depósito mínimo
$ 100
Best offer
Pontuação de usuários
9.9
Licenciada e regulamentada pela CySEC e FCA autorizado Reino Unido Filial
Trade CFDs com spreads reduzidos em empresas de grande nome como Amazon, Facebook, Apple e muitos mais
Ofertas 800+ instrumentos
Faça Trading
Métodos de Pagamento:
American Express, Apple Pay, Cartão de crédito, Cartão de débito, Discover, Google Pay, Klarna, Mastercard, PayPal, SEPA, Transferência bancária, Transferência bancária, Trustly, Visa, Volt, ,
Full Regulations:
CySEC, FSA
82% das contas CFD de varejo perdem dinheiro.
2
Depósito mínimo
$ 100
Best offer
Pontuação de usuários
9.8
MetaTrader 4/5 – A plataforma de investimentos mais popular do mundo
AvaOptions – Uma plataforma de investimento em Opções para smartphone e web com simulações de portfólio
Mais de 1000 instrumentos financeiros, incluindo pares de forex e CFDs de ações, commodities, criptomoedas e índices
Faça Trading
Métodos de Pagamento:
American Express, Cartão de crédito, Cartão de débito, Discover, Mastercard, MoneyBookers, PayPal, Rapid Transfer, SEPA, Transferência bancária, Transferência bancária, Visa, WebMoney, , ,
Full Regulations:
ASIC, FSA, FSCA, MiFID
CFDs são instrumentos complexos e possuem alto risco de perda monetária rápida devido à alavancagem. 71% das contas de investidor comercial perdem dinheiro ao investir em CFDs com esse fornecedor. Você deveria considerar se compreende como CFDs funcionam e se você pode arcar com o alto risco de perdas monetárias.
3
Depósito mínimo
$ 100
Best offer
Pontuação de usuários
9.6
Comissões de negociação competitiva
Serviço Premium VPS com velocidade ultra-rápida
Suporte ao cliente disponível em 25 idiomas
Faça Trading
Métodos de Pagamento:
Full Regulations:
ASIC, CySEC, FCA, FSA
Os CFDs são instrumentos complexos e vêm com alto risco de perder dinheiro rapidamente devido à alavancagem. 75% das contas de investidores de varejo perdem dinheiro ao negociar CFDs com este provedor. Você deve considerar se você entende como os CFDs funcionam e se você pode dar ao luxo de assumir o risco de perder seu dinheiro.

Como negociar usando CFDs – um guia passo a passo

Copy link to section

O ato de negociar é relativamente simples e não leva muito tempo para se familiarizar. Siga este processo para fazer sua primeira negociação.

  1. Cadastre-se em uma corretora de CFD. Você precisa de uma corretora para fazer negociações. Cada plataforma tem seus próprios recursos exclusivos e você deve escolher aquela que mais se aproxima de como – e o que – você deseja negociar. Você pode comparar suas ofertas lendo nossas análises detalhadas.
  2. Defina um orçamento. É melhor decidir antecipadamente um valor que você está disposto a perder, para que não fique tentado a continuar injetando dinheiro se as coisas derem errado. Você pode começar com uma pequena quantia de dinheiro, geralmente tão pequena quanto o depósito mínimo da corretora, que pode ser de £ 50 ou menos. 
  3. Crie uma estratégia de negociação. Os CFDs permitem que você compre ou venda ativos diferentes (conhecidos como “comprados” ou “vendidos”), portanto, você precisa estabelecer algumas regras que lhe digam quando e em que direção você deve agir. A maioria dos traders passa muito tempo analisando gráficos de preços para encontrar padrões que os ajudem a decidir quando comprar ou vender um CFD.
  4. Encontre uma oportunidade. Você pode negociar CFDs em uma variedade de ativos, como ações, índices, commodities, moedas e criptomoedas. Escolha seu mercado e, em seguida, escolha um CFD individual, com base nos indicadores de negociação que você configurou ou em sua própria pesquisa.
  5. Abra sua posição. Selecione o CFD e se você deseja comprá-lo ou vendê-lo. Em seguida, decida o volume da posição, defina qualquer ordem de stop-loss ou limite (esses são os preços nos quais você deseja fechar automaticamente a posição para reduzir o risco de movimentos extremos do mercado) e execute a negociação. Depois de fazer isso, ela aparecerá na seção “posições abertas” da sua conta.

O que são CFDs?

Copy link to section

São contratos que representam um ativo financeiro, como uma ação individual ou criptomoeda. Cada CFD imita o preço do ativo que ele representa, então eles permitem que você especule sobre como o preço pode mudar sem nunca possuir o próprio ativo.

Esse tipo de contrato é conhecido como ‘derivativo’, o que significa apenas que obtém seu valor de um ativo subjacente. Seu preço flutua da mesma forma e dá ao trader a opção de se beneficiar das mudanças vendendo-as a descoberto ou usando alavancagem, recursos que (normalmente) não estão disponíveis quando você compra o ativo imediatamente.

Principais fatores a serem considerados

Copy link to section

Os CFDs têm alguns recursos exclusivos que vale a pena observar quando você começa a negociar. Aqui está um breve resumo dos mais importantes, junto com algumas orientações práticas sobre o que eles significam para você.

Se você quer comprar ou vender

Copy link to section

Os termos ‘long’ e ‘short’ referem-se simplesmente à compra e venda de um ativo, respectivamente. Com os CFDs, você pode fazer as duas coisas, e a abordagem correta depende de como você espera que o preço se mova. Se você compra (long) e o preço sobe, você lucra com base na diferença, e o inverso é verdadeiro se você vende (short) e o preço cai.

Isso também significa que você pode usar CFDs como parte de uma estratégia baseada na compra e venda regular de ativos à medida que seus preços sobem e descem, geralmente ao longo de um único dia. Na maioria dos casos, essa estratégia anda de mãos dadas com uma análise de gráficos de preços para encontrar tendências que indiquem para que lado um preço provavelmente se moverá.

Taxas e spreads

Copy link to section

Muitas corretoras oferecem negociação gratuita em CFDs, mas você pode ter que pagar uma taxa ou comissão com outras. Mesmo que a negociação seja gratuita, é provável que sua corretora ganhe dinheiro de outras maneiras. Freqüentemente, ela faz isso com base na diferença entre o preço de ‘compra’ e ‘venda’ – conhecido como ‘spread’. Quanto maior a diferença entre os dois números, maior o spread e maior o corte da corretora. Compare as taxas e spreads em diferentes plataformas para encontrar o melhor valor.

Se deve usar alavancagem

Copy link to section

A alavancagem é a prática de usar uma pequena quantia de dinheiro como depósito – conhecida como ‘a margem’ – para abrir posições muitas vezes maiores. É muito comum quando se trata de negociar CFDs, e as corretoras podem permitir que você negocie até 10x (ou mais) o valor do seu depósito.

É uma estratégia arriscada, pois multiplicar o tamanho da sua transação também aumenta suas perdas potenciais. Embora muitos traders a usem, pense bem antes de se juntar a eles e considere se é apropriado para o ativo em que está interessado. As criptomoedas, por exemplo, são muito mais voláteis (e, portanto, arriscadas) do que o mercado forex, onde é uma prática padrão para abrir posições com muita alavancagem porque as flutuações do preço da moeda são muito pequenas.

Por que usar CFDs?

Copy link to section

Eles são mais flexíveis e têm menos limites do que comprar ou vender ativos diretamente. Geralmente é mais barato negociar CFDs, então você pode fazê-lo com mais frequência como parte de uma estratégia de negociação que requer muita atividade para ganhar dinheiro, como day-trading. Eles também são mais fáceis de usar e você pode simplesmente se inscrever em uma corretora e fazer uma negociação em alguns minutos.

Esses fatores os tornaram extremamente populares como ferramenta de negociação e também oferecem muitas outras maneiras de negociar. Como você pode comprar e vender CFDs, você pode usá-los para especular sobre os movimentos de preços em qualquer direção e pode usar a alavancagem para adquirir ativos que, de outra forma, estariam fora de seu alcance ou para distribuir seu dinheiro mais amplamente.

Ainda indeciso?

Copy link to section

Este guia está repleto de informações, então, para ajudá-lo a tomar uma decisão final, aqui está um breve resumo dos prós e contras da negociação de CFD.

Prós

Copy link to section
  • Eles são uma maneira simples de especular sobre praticamente qualquer ativo que você queira
  • A negociação de CFDs geralmente é gratuita e você pode fazer movimentos a qualquer hora do dia
  • Você pode comprá-los e vendê-los para aproveitar as quedas e os aumentos de preços
  • As corretoras de CFDs permitem que você use alavancagem para abrir posições maiores

Contras

Copy link to section
Comece a negociar CFDs agora

Onde posso aprender mais?

Copy link to section

Aqui na Invezz, temos diversos conteúdos disponíveis para te ajudar a tomar melhores decisões de investimento. Nossa seção de cursos inclui guias extensos que conduzem você pelos conceitos básicos de diferentes termos e estratégias de investimento e como usá-los na prática. Você pode ver alguns de nossos cursos mais populares abaixo:



Fontes e referências
Disclaimer de risco
James Knight
Editor of Education

James é o editor-chefe da Invezz, onde cobre tópicos de todo o mundo financeiro, do mercado de ações, criptomoedas e mercados macroeconômicos. Seu principal foco é... leia mais.