Lightning Labs garante financiamento de US$ 70 milhões para integrar stablecoins na rede do Bitcoin

Por:
em Apr 6, 2022
Listen
  • A Lightning Labs garantiu US$ 70 milhões em uma rodada de financiamento Série B.
  • Os fundos serão utilizados para o desenvolvimento do protocolo Taro.
  • O objetivo de Taro é trazer stablecoins para a Lightning Network do Bitcoin.

Siga o Invezz no TelegramTwitter e Google Notícias para notícias de última hora >

A Lightning Labs, empresa de software para a rede Bitcoin (BTC/USD), garantiu um financiamento de US$ 70 milhões para desenvolver a Lightning Network. Os fundos aumentarão a velocidade e reduzirão os custos das transações feitas na rede Lightning.

Você está procurando sinais e alertas de traders profissionais? Registre-se no Invezz Signals™ GRATUITAMENTE. Leva 2 minutos.

Rodada de financiamento Série B de US$ 70 milhões

Copy link to section

A Lightning Network levantou US$ 70 milhões em uma rodada de financiamento Série B. A rodada de financiamento foi liderada pela Valor Equity Partners. Os outros investidores nesta rodada de financiamento foram Goldcrest Capital, Baillie Gifford, além de outros investidores anjo.

Os fundos serão usados para aumentar a flexibilidade da Lightning Labs e serão usados como combustível para a empresa alcançar o crescimento desejado. Apesar dos marcos que a Lightning Labs teve, continua sendo uma pequena empresa de 24 funcionários.

A cofundadora e CEO da Lightning Labs, Elizabeth Stark, também anunciou planos para aumentar a eficiência do Taro. Ela planeja trazer stablecoins e outros ativos para a rede Bitcoin para impulsionar sua adoção.

Trazendo stablecoins para o Bitcoin

Copy link to section

Parte do financiamento será direcionado ao protocolo Taro para permitir que os usuários da Lightning Network adotem stablecoins. A Lightning Labs não será a emissora dessas stablecoins, mas fornecerá apenas a infraestrutura necessária para facilitar as transações de stablecoins na rede.

A rede Bitcoin foi capacitada para suportar stablecoins por meio da atualização Taproot em novembro do ano passado. A atualização também trouxe contratos inteligentes para a rede Bitcoin.

A Lightning Labs acredita que será possível que a rede Bitcoin receba mais adoção com Taro. Isso ocorre porque a rede Bitcoin facilita as transações mesmo em áreas onde há pessoas sem conta bancária.

Em entrevista à Forbes, Stark observou que a adoção do Taro foi “realmente significativa porque o potencial aqui é que todas as moedas do mundo encaminhem o Bitcoin pela Lightning Network”.

Ela acrescentou ainda que a Visa deve “ficar com medo porque há muitas pessoas por aí que têm telefones celulares, mas agora não precisam acessar o sistema tradicional”.

Atualmente, a Lightning Network está sendo usada em El Salvador, que adotou o Bitcoin como moeda legal no ano passado. Também está sendo usado em outras plataformas, como Strike e Twitter.

Bitcoin Mundo