ICYMI: Principais destaques do Mars Labs Metaverse – AMA

Por:
em nov 22, 2022
Listen to this article

Kevin Chang, CEO da Mars Labs, e Amy Lee, gerente de desenvolvimento de marca e negócios, apresentaram na semana passada um AMA (Ask Me Anything) no canal oficial OKX Telegram. Para aqueles que não puderam ouvir a conversa ao vivo, aqui estão algumas das principais conclusões do evento.

Em suas próprias palavras: o que é o Projeto Mars Metaverse

Simplificando, Kevin e sua equipe estão criando uma plataforma de jogos metaverso com tema de Marte, onde os usuários podem conversar, interagir com amigos, praticar esportes, desenhar, ser um artista ou campista. Os usuários “serão recompensados assim que jogarem, mas também podem ser recompensados por descansar na praia. Porque cada jogador é único e importante. E todos compõem nosso ecossistema metaverso.”

Procurando por notícias rápidas, dicas quentes e análises de mercado? Inscreva-se para a newsletter Invezz, hoje.

A Invezz cobriu anteriormente o lançamento do Mars Token na exchange de criptomoedas OKX.

Mars Labs tokenomics

Kevin diz que a mars tokennomics é baseada nos números de usuários que gostam do jogo. Kevin explica:

“Usuários ativos diários, quando lançamos o jogo, atuam como um número base para as recompensas a serem compartilhadas. E o MRST atua como um utilitário ou como um token para comprar itens do jogo. Ou, na verdade, meio que ganhar a vida no mundo do metaverso. Nosso jogo é gratuito para jogar no celular, mas para desfrutar de conteúdos estendidos; deve-se usar MRSTs – o token gerado pelo sistema P2E. Ele pode ser usado para comprar ou criar NFTs que usuários individuais ou artistas gerarem. Podem até comprar móveis para suas casas ou prédios. Ele servirá também para pagar multa, caso algum usuário descumpra regras que prejudiquem os outros usuários do metaverso.”

Mais tarde, no AMA, Amy explica que o token é emitido de acordo com o número de usuários ativos diários, que é de cerca de 100.000 DAUs. Com base nesse número, a Mars emite cerca de 330.000 MRSTs por dia, o que representa cerca de 2,8 MRST por recompensa de usuário por dia. A taxa básica de emissão é de cerca de 2% e é baseada em 100.000 DAUs. A equipe da Mars “tentará não queimar o MRST, mas se concentrar em retornar ou gastar em 1,8%”.

O Whitepaper com detalhes adicionais pode ser encontrado aqui.

O que esperar em 2023

Kevin e sua equipe começaram como um estúdio de desenvolvimento de jogos em 2018, mas agora estão comprometidos em ir “all-in” no metaverso para ser um “pioneiro da indústria”. A indústria do metaverso como um todo ainda está em seus estágios iniciais e 2023 marcará o primeiro “teste de estresse” para Marte. Kevin diz:

“Estamos em preparação para o nosso primeiro teste de estresse no próximo ano, onde nosso metaverso será baseado em um sistema multiplayer online, pois acreditamos que o metaverso deve ser um lugar onde as pessoas devem interagir – para construir conteúdo, socializar e compartilhar. Portanto, estamos olhando para centenas e milhares de pessoas reunidas em um só lugar para o “teste de estresse”, onde verificaremos a capacidade do nosso servidor que está sendo desenvolvido.”

O objetivo final

O token MRST, de acordo com Kevin, é para recompensar os usuários. Mas o MRST também deve ser usado para serviços, com o objetivo final de ostentar tantos usuários quanto projetos de metaverso web2 como Roblox e Zepetto.

Segundo Kevin, o segundo objetivo do MRST é que as marcas adotem a moeda e criem um ecossistema.

Invista em cripto, ações, ETF e muito mais com a nossa corretora preferida, eToro

10/10
67% of retail CFD accounts lose money